O Livro da Lei Liber al Vel Legis de Aleister Crowley


«Faz o que quiseres, que seja este o todo da Lei.» «Amor é a Lei, Amor sob Vontade.» O Livro da Lei foi ditado a Aleister Crowley por uma inteligência praeter-humana chamada Aiwass nos dias 8, 9 e 10 de Abril de 1904 na cidade do Cairo, no Egipto. O resultado deste livro comunicado foi desencadeado por um conjunto de operações mágico-teúrgicas - numa tradição esotérica de intervenção supra-sensível de características daimónicas, cuja tradição operativa recua já aos filósofos Empédocles e Heráclito - que se iniciaram no interior da Grande Pirâmide de Gizé em 16 de Março desse ano. O invulgar destas operações é que se desenvolveram entre um homem e uma mulher, ao modelo gnóstico de Simão, o Mago, e Helena. Este Livro, uma reificação moderna do tipo das Escrituras Reveladas de caracter gnóstico e hermetista, traz uma nova fórmula de Iniciação para o Homem e Mulher nascidos na Aurora da Era de Aquário. Ela reformula um novo elo entre a força espiritual-solar e a Humanidade que havia sido perdido desde os tempos do Imperador Neo-Platónico Juliano (331/363 E.C.).

18,90 euros


#Livros

list.png