Não haverá cura se não houver reforma íntima



Quando Albert Einstein elaborou a Teoria da Relatividade, foi finalmente possível compreender que Energia e Matéria são a mesma coisa, sendo o fator Tempo a única variável. Isto é, a velocidade com que as partículas vibram no espaço determinam a forma de um determinado elemento. Assim, quanto menor a velocidade das partículas que constituem esse elemento, mais densa e compacta será a sua forma e, o contrário também se verifica, isto é, quanto maior a velocidade, mais etérea ou fluídica ela será.

São vários os exemplos que podemos encontrar na Natureza, dos quais destaco, por exemplo, a água, por ser de fácil compreensão. Na Natureza, podemos encontrá-la sob 3 formas distintas, a líquida, a sólida e a gasosa, embora suas moléculas sejam sempre constituídas por dois átomos de hidrogénio e um átomo de oxigénio.

Tendo como ponto de partida esta teoria, como poderemos, então, olhar o Ser Humano e considerá-lo, em termos terapêuticos, como um mero corpo físico, constituído, apenas, pelos seus diferentes órgãos e aparelhos, se também ele é dotado de emoções, pensamentos e sentimentos? Como é que estes últimos influem na sua saúde?

Em Homeopatia, o Ser Humano é constituído por 3 níveis que, permanentemente, vivem numa estreita interdependência: o Físico, relacionado com todos os estados de matéria mais densa do organismo (órgãos e aparelhos), o Emocional, relacionado com uma matéria mais subtil (emoções) e, por último, o Mental, ligado à matéria mais etérea do Ser (pensamentos e sentimentos). Fazendo uma analogia com os diferentes estados da água, poderíamos dizer que o estado sólido corresponderá ao nível Físico, o líquido ao Emocional e o gasoso ao Mental.

Por outro lado, estando os pensamentos e sentimentos na origem de qualquer reação emocional com consequências no corpo físico, fica claro que eles influenciam, e muito, a nossa saúde ou a falta dela. Segundo o Dr. Décio Iandoli Junior, médico-cirurgião brasileiro, o “corpo físico é o principal meio de drenagem de fluidos malsãos gerados pelos pensamentos sem harmonia. Este absorve as energias nocivas e manifesta-as sob a forma de doenças que, geralmente, correspondem ao tipo de pensamento gerado”. Todas as doenças do corpo físico têm, assim, origem em desordens do pensamento as quais, por sua vez, são originadas pelos desvios do sentimento (doenças morais).

Estando o mecanismo de defesa “programado” para manter, permanentemente, o Ser em equilíbrio, perante desvios de sentimentos e pensamentos desarmoniosos, as doenças começarão a surgir. O mecanismo de defesa procurará, sempre, manter a doença nas camadas mais superficiais do ser, evitando colocar em risco os órgãos vitais. Surgem, deste modo, problemas no nível Físico, como os problemas de pele, músculos, ossos, rins, pulmões, fígado, endócrinos, do coração ou problemas do cérebro. No entanto, se os desvios de sentimentos e pensamentos são mais graves, poderão, também, surgir problemas nos níveis Emocional (insatisfação, irritabilidade, ansiedade, fobias, angústia, tristeza, apatia ou depressão suicida) e/ou Mental (distração, esquecimento, falta de concentração, estupidificação, letargia, alucinações, ideias paranóicas, delírio destrutivo ou confusão mental total).

Se refletirmos um pouco sobre sobre este assunto, poderemos concluir que ter saúde implica, necessariamente, uma perfeita harmonia destes 3 níveis e que, por estar em cada Ser a única causa dos seus sofrimentos, a melhoria moral será o único meio de atingir a verdadeira cura. Não haverá cura se não houver reforma íntima.


ALEXANDRA LUÍS | TERAPEUTA

933 315 300 | geral.spuro@gmail.com

Rua Filipe Folque, 40 – 3º Piso, Lisboa

www.facebook.com/spuro.terapias.naturais/

HOMEOPATIA CLÁSSICA | ACUPUNTURA | MASSAGEM

#Inspirações

list.png