A Verdade é um Estado de Ser


10/08

A Verdade é um Estado de Ser


Não há nenhum caminho que conduza à verdade, e não há duas verdades. A verdade não pertence nem ao passado nem ao presente, ela é intemporal; e o homem que cita a verdade de Buda, de Shankara, de Cristo, ou que se limita a repetir o que eu estou a dizer, não encontrará a verdade, porque a repetição não é a verdade. A repetição é uma mentira. A verdade é um estado de ser que surge quando a mente – que procura dividir, ser exclusiva, que só consegue pensar em termos de resultados, de realização – chegou ao fim. Só então pode existir a verdade.

A mente que se está a esforçar, a disciplinar-se com vista a alcançar um objectivo não pode conhecer a verdade, porque o objectivo é a sua própria projecção, por mais nobre que possa ser, é uma forma de veneração por si mesmo. Um tal ser está a venerar-se a si mesmo e como tal não pode conhecer a verdade. A verdade só pode ser conhecida quando compreendemos a totalidade do processo da mente, ou seja, quando não existe luta.

A Vida, de J. Krishnamurti, Editorial Presença

#Biblioterapia

list.png