Tempo de escolhas


25/7


Os últimos avanços científicos conduzem-nos a uma mundivisão não muito diferente daquela abraçada pelas primeiras civilizações, na qual se pensava que cada objecto material da natureza possuía um espírito. Ainda se pensa no Universo como Uno na pequena comunidade sobrevivente de aborígenes. As culturas aborígenes não fazem as distinções habituais entre pedra, ar e seres humanos: todos estão imbuídos do espírito, a energia invisível. Isto não lhe soa familiar? Este é o mundo da física quântica, no qual matéria e energia estão completamente enredadas uma na outra. É o mundo de Gaia de que falei no capítulo 1, em que todo o planeta é considerado um organismo vivo, que respira e precisa de ser protegido da ganância, ignorância e falta de planeamento humanos.

Pág.222 - A Biologia da Crença de Bruce H. Lipton

#Biblioterapia

list.png